15 de set de 2015

(Resenha) Cinquenta tons de Cinza

Olá, leitores.

Como vão?
Hoje, vou falar de um livro que causou uma certa polêmica um tanto grande, uns gostaram, outros odiaram, uns acharam um grande plágio de Crepúsculo, baseados em Bella e Edward, um fanfic, se transformou em um livro e mais futuramente, em outros. Sim, Cinquenta Tons de Cinza.

Havia prometido que faria um "especial", fazendo resenha, opinião do livro e opinião sobre a adaptação cinematográfica, mas, acredito que ficaria MUITO grande, então, decidi falar do livro nesse post, e sobre a adaptação, no próximo, então já podem aguardar.

(Resenha) Cinquenta tons de Cinza

"Não curto romance. Meus gostos são bem peculiares." -CG.

Anastasia Steele, estudante de Literatura Inglesa, divide um apartamento com sua amiga, Katherine Kavanagh, ambas com apenas alguns dias antes de finalmente se formarem. Kate estuda jornalismo, e seria ela quem deveria entrevistar Christian Grey, o famoso bilionário, para o jornal da faculdade, mas uma gripe a pega de jeito, deixando-a indisposta, então, recorre à amiga: Anastasia.
Com as perguntas todas anotadas por Kate, uma por uma Anastasia as perguntar a Christian, que a olha com um olhar intimidador, excitante. Ana não consegue se manter calma defronte a alguém incrivelmente atraente como Christian.

Ana não tem dúvidas que se sente atraída por Christian, mas se surpreende ao saber que: ele também se sente atraído por Ana. E a quer. Mas não como Ana espera. Com amor, não. Com seus próprios termos. Seus próprios jogos. Ana aceita, mesmo nunca tendo feito sexo com ninguém, decide tentar  pelos modos de Christian, Onde a Dor se transforma em Prazer.

Mas o que Ana vai descobrindo é que: por trás de todo sucesso de Christian, o seu modo autoritário, maníaco por controle, é atormentado pelas lembranças de quando era mais novo. Ao descobrir, Ana se vê chocada, e furiosa. Como a pessoa pôde fazer isso? Com uma criança inocente? Mas Christian não parece se preocupar, já que diz que, tudo que lhe aconteceu no passado o fez mudar. Melhorar. Se não fosse por essas coisas, Christian talvez tivesse seguido o mesmo caminho da mãe biológica, ser garoto de programa, ou um viciado em crack, ou os dois.

Cinquenta Tons de Cinza apresenta uma relação sexual entre Dominador e Submissa, onde ela, tem de obedecer as ordens do Dominador, para ambos se satisfazerem, de um modo ou de outro. E tudo que acontece entre quatro portas com Christian Grey, fica entre quatro portas com Christian Grey. Sensual e exótico, o livro conquistou milhares de fãs, que adoraram o modo como Christian e Ana fazem amor... ops, errei. Adoraram o modo como Christian fode Ana.

                             "Nosso objetivo é satisfazer, Srta. Steele."



Opinião/Conclusão do livro

"Há uma linha tênue entre prazer e dor." -CG


Antes que qualquer coisa, essa é a MINHA opinião do livro, não sou o dono da verdade, sou alguém que tem opinião, e a estou expondo.


Muitas pessoas de certa forma de incentivaram a ler o livro, outras, me desanimaram com vários comentários sobre tal, mas a decisão foi minha. Se muitos gostam, muitos odeiam, queria tirar minha própria conclusão, e aqui, está ela. O livro primeiramente, me surpreendeu. A escrita da autora de início não me atraiu, mas aos poucos fui me acostumando a ela, e até comecei a gostar, já que quem narra é Ana. Segundo, eu DETESTO qualquer tipo de livro cuja o gênero é romance, odeio. Não acreditaria que iria gostar deste livro, mas por incrível que pareça, ele acabou me ensinando várias coisas. O livro me mostrou como as pessoas ainda se sentem "preconceituosas" por um livro falar de sexo, de um modo como a sociedade não está acostumada, ao invés de fazer amor, os personagens fodem, com força. Então, acredito que muitas pessoas talvez tenham odiado o livro pelo fato de como eles transam, o que é uma coisa sem noção. Eles transam. ELES. Minha opinião não é nada mais nada menos que: não vejo o que a maioria da sociedade vê, uma coisa ridícula que o homem faz com uma mulher, vejo uma relação exótica de amor, onde ambos usam outros meios para se satisfazer. Nada mais que isso.


Nota do livro

O livro não foi um livro perfeito, tampouco maravilhoso, mas me relacionei muito com os personagens, mais do que imaginaria, e o final, mesmo sendo previsível, me chocou, também mais do que eu esperaria. 

Nota: 3,8/5 


Então, galera.
Vale lembrar que, se você não tem uma opinião formada de uma certa coisa, não opine. Vejo muito isso e não sabem o quanto é sem senso alguém opinar de algo que não entende, por isso, opiniões negativas de quem leram (ou assistiram o filme) são normais, tanto quanto as positivas, mas alguém que sequer leu ou assistiu, para mim, não é válida.

Espero que tenham gostado, e desculpem-me por certas palavras usadas, já que o livro é um hot, adulto, decidi comentar com as mesmas palavras que o livro tem, para ficar mais incentivador a leitura do livro.

Por ora é só,
com carinho,

Weasleyzinho.




7 comentários:

  1. eu li o primeiro livro da série não fiquei com vontade de ler os outros, sei la ..
    Além de tudo depois do filme fico ainda pior, não gostei nada. Não irei continuar a leitura da série.
    beijos, Thainá

    ResponderExcluir
  2. Não li o livro, eu sou muito chata quando o livro vira modinha! Gosto de livro pouco menos conhecidos (até hoje não descobri o porquê). Resolvi ver o filme e puts odiei! Tudo bem que os livros são melhores que filmes, mas esse livro em especial não me atraiu (kkk).
    Não tenho preconceito, até porque já li uma série de livros do gênero e até gosto por parte!
    Mas cada um com sua opinião e a leitura continua, certo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha exatamente, mas fico feliz em saber que já leu livros desse gênero, e não tem preconceito, é gratificante saber disso. Faço das suas as minhas palavras, cada um com a sua leitura haha Abraços

      Excluir
  3. Eu não curti muito esse livro, preferi o segundo da trilogia, mas também não me agradou rs
    Achei que foi muito mimimi para pouco conteúdo, mas há quem goste rs
    Adorei a resenha!
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, acredito que também deva gostar mais do segundo livro, já que me falaram críticas positivas sobre ele.
      Obrigado, beijos.

      Excluir
  4. Olá!
    Eu já li esse livro faz muito tempo, então não lembro direito o que gostei ou não kkkk Sei que li o primeiro, mas acabei largando o segundo no meio, não lembro porque =[ Eu assisti o filme e até gostei, apesar de achar que tudo pareceu muito rápido, se conheceram e dois segundos depois estão saindo juntos, namorando e afins. Não sei se o livro era rápido assim e eu não notei ou se foi por conta de não deixar a adaptação cinematográfica muito longa...
    De qualquer forma, ainda pretendo ler o livro novamente. Espero curtir a leitura. E adorei sua resenha, fico feliz que tenha sido uma boa leitura! <3
    Beijos!

    ResponderExcluir