2 de set de 2015

(Primeiras impressões) Cinquenta tons de Cinza

Olá, leitores.
Como vão?
Muitas pessoas me perguntaram, me questionaram e até duvidaram, mas eu, Eduardo, uma pessoa que não gosta de livros românticos, direi hoje, aqui, minhas primeiras impressões sobre um livro que causou polêmica, de ambos os modos, negativa e positivamente, e claro, darei minha opínião, no final do post.


Cinquenta tons de Cinza, E.L.James



O primeiro livro da famosa trilogia adulta erótica, Cinquenta tons de Cinza, tem quatrocentos e cinquenta e cinco páginas (455), e por ora, estou embarcando no décimo capítulo, exatamente na página cento e trinta e um (131). E como disse anteriormente, eu não gosto desse gênero literário, MAS, muitas pessoas tem comentado suas opiniões dizendo o quão boa, ou quão ruim, é a trilogia, e confesso que odeio não ter opinião em algo que quero opinar, e aí, veio o motivo de ler o livro, e tirar minhas próprias conclusões, boas, ou ruins.


Primeiramente, o livro nas primeiras páginas mostra a "inocência" de Anastasia, que vai até à empresa do famoso bilionário, Christian Grey, onde, na verdade, quem deveria estar indo, era sua amiga, Kate, mas, uma indisposição por conta de dores tomou conta de si, e sobrou pra Ana, fazer a entrevista que Kate tanto precisava.
Até aí, confesso que o livro estava ficando absurdamente entediante, mas, a partir do momento que ele e ela começam a dialogar para a entrevista de Ana, e ambos, de modos diferentes, começam à ficarem excitados com a presença um do outro, o livro começou a melhorar. 
Confesso que gostei de saber mais, detalhadamente, sobre como as mulheres se sentem atraídas pelos homens que desejam, e como isso as fazem ficar malucas. Não simpatizei muito com Ana, até agora, ela é do tipo "ingênua", que chega a ser irritante, MAS, as coisas começam a esquentar mais quando Christian e ela começam a se ver mais... em horários vagos... sozinhos... 
As partes eróticas foram construídas, até agora, na medida certa, de um modo que seja legal, você ler tão suavemente, uma coisa que nos filmes/vida real as pessoas se chocam ao falar disso. A escrita de E.L.James não é uma das melhores, tem momentos bons e momentos como se ela quisesse apenas dar mais páginas ao livro e não mais conteúdo, mas, em geral, ela é boazinha. 
Faltam mais de trezentas (300) páginas para chegar ao fim do primeiro livro da trilogia, e FINALMENTE, assistir à adaptação cinematográfica do livro, que também gerou polêmica entre os leitores. 
Farei um post mais detalhado sobre o que achei do livro, uma possível resenha, e provavelmente, ambos acompanhados da minha critíca que farei à adaptação, então, mais para frente, tem mais de Fifty Shades of Grey, vindo. 


"Todos já passamos por isso. Talvez não de forma dramática quanto você - diz ele secamente - Tem a ver com conhecer  os seus limites, Anastasia. Na verdade, sou favorável a ultrapassar os limites, mas realmente isso é intolerável." 



Opinião sobre Cinquenta tons de Cinza:

Apesar de em momentos ser bem cansativa, a leitura do livro está se saindo melhor que eu (e mais algumas pessoas) esperavam. Talvez demore mais um pouco a terminar o livro, mas não tenho pressa, pois isso pode interferir no prazer, e essa leitura está me rendendo prazer. E por ora, o livro está me saindo bem, e se fosse para eu dizer, neste momento, sem ter terminado o livro, dando uma opinião sobre ele até a página cento e trinta (130), eu diria:

Cinquenta tons de Cinza está me surpreendendo!


Esperem por mais um post desse mesmo livro (mais o filme), pode ser que demore, pode ser que não, tudo dependerá do meu atual estado de espírito para ler/assistir esse filme.

Bom, por ora, é só.

Em breve, volto,

Com carinho, Weasleyzinho.


11 comentários:

  1. Olá, já lia trilogia por e book, antes de ver o filme que sinceramente não gostei. Mas os livros me surpreenderam muito, pois realmente é o que me falavam.
    Boa leitura, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Eu ainda nem terminei o primeiro livro, e quando terminar, não sei quando vou ter oportunidade de ler toda a trilogia, pois realmente detesto ebook, então, só livros físicos. E espero que a adaptação não me decepcione muito, estou com boas expectativas. Obrigado, beijos.

      Excluir
  2. Não curto esse tipo de livro não. Não me interessa... Até comecei a ler ele para tirar minhas conclusões e no final das contas acabei abandonando.. Mas pelo menos tentei né? hahaha

    Bjoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, eu o comecei exatamente por este mesmo motivo, tirar minhas próprias conclusões, e o que aconteceu foi que, por incrível que pareça, estou gostando do livro, mesmo que não goste deste gênero. Sinto que o livro vai me transmitir algumas coisas. huehsusheuhs o que vale é a intenção e você tentou, pelo menos. Bjos!

      Excluir
  3. Li os dois primeiros da trilogia e sim mundo, eu gostei. As pessoas criticam pra caramba esse livro, é claro que rodeado de um machismo absurdo, o Grey é totalmente controlador, mas cheguei a ler que 50 tons é um estrupo "romantizado" o que é muita falta de informação já que Ana sente prazer em ter relações com Grey, no estrupro isso não acontece. O grande problema é que é o homem quem domina no livro, se fosse ana a dominadora não geraria tanta polêmica. Só acho que a sociedade deveria ter uma mente mais aberta para esse tipo de conteúdo. Adorei o post <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, faço das suas as minhas palavras, é preciso meio que ser cabeça aberta em relação a um livro tão polêmico

      Excluir
  4. Olá!
    Eu já li o livro, mas isso tem muuuuito tempo e foi em pdf, então nem lembro quase nada ahuahua! Sei que não li a continuação, mas não me lembro por qual razão :(
    Eu acho que vou tentar ler outra vez, mesmo não gostando do gênero. Espero que você curta a leitura, vou aguardar sua resenha!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. eu ainda não terminei mas também não sei quando vou ler, apesar de estar legal, tenho outras prioridades haaha obg, bjoo!

      Excluir
  5. Assim que terminei de ler essa "resenha", tive certeza de que precisava ler esse livro. Se "Eduesley", a pessoa menos adepta a romances está gostando, e ainda mais desse "tipo" de romance é porque deve ser realmente surpreendente. 50TDC é um livro polêmico que quem não ama odeia e vice-versa, já li resenhas boas e resenhas ruins que me deixaram realmente curiosa em relação a essa trilogia mesmo não gostante de livros mais... ( ͡° ͜ʖ ͡°) (se é que me entende...)
    Espero ansiosamente suas resenha completa, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Hahaha realmente eu não adepto, esse gênero é bem incomum nas minhas leituras, mas por ser algo polêmico, quis tentar ler e opinar, e está se saindo melhor do que imaginava, quando der, leia, de certa é bom! E espere mesmo, estou querendo fazer uma coisa bem legal, obg

    ResponderExcluir
  7. Ola!
    Eu não curti muito a leitura desse livro não, gostei bem mais do segundo, onde temos mais histórias e fatos importantes, porém a opinião sobre esse livro é bem diversificada rs
    Boa leitura!
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir