29 de set de 2015

Trilogia Legend - Marie Lu

Olá, leitores.
Como vão?


Bem, há um tempo desejava fazer um post sobre essa trilogia, que, apesar de nem todo leitor, infelizmente, ainda não conhecer, é exatamente esse o assunto do post. Chamar mais leitores para lerem essa trilogia, que, acredito eu, NÃO irá decepcionar. (Pelo contrário, te fará chorar!)

Quero que saibam que, falarei da trilogia, mas NÃO darei qualquer spoiler que as sinopses mesmo não contenham. Então se você tem medo de spoiler... não precisa se preocupar, por aqui, não rola spoiler.

Trilogia Legend - Marie Lu:

Legend: 



Antes conhecida como Costa Oeste dos Estados Unidos, hoje, a República, vive em constante guerra com seus vizinhos, as Colônias. 

O livro, antes de tudo, é narrado em primeira pessoas, MAS, por DUAS pessoas. Sim, duas pessoas.

June, a garota que vem de família rica, pura elite. Uma militar prodígio, que com apenas dezesseis anos foi aceita em uma das melhores universidades da República. Seus pais estão mortos, e June só tem a seu irmão mais velho, Metias. Incrivelmente calculista e perceptível, June vê tudo a sua volta, percebendo até os mínimos detalhes. 

E no outro lado da República, a parte mais pobre e precária, temos Day, um garoto de dezesseis anos, loiro, cuja a beleza é tanta que as pessoas duvidam que ele viva na rua. Sim, ele vive na rua. Mas não, sua família não está morta. Day é também o criminoso mais procurado da República, sua cabeça está a procura, por uma grande quantia de dinheiro. Day vive com Tess nas ruas, a garota que também não havia para onde ir, acabou se tornando uma excelente médica, e que cuida de Day, quando o mesmo se envolve em... delitos graves.

June e Day.
Em partes completamente diferentes da República.
Em situações normais, jamais sequer se encontrariam na vida.
Mas tudo muda, com um assassinato.
O assassinato de Metias, o irmão mais velho de June.

A morte de Metias é um total mistério, até mesmo para os que estavam próximo ao lugar. Mas sabem que foi esfaqueado, por alguém que não lhe dera nem a chance de se defender, e as circunstâncias apontam todas para o criminoso mais procurado da Republica:  Day.

Movida pelo ódio e sede de vingança, June tem apenas um objetivo: encontrar e matar o assassino do seu irmão, e fará o que estiver a seu alcance para conseguir isso.

E Day, quer somente uma coisa de volta: seu irmão. 

Prodigy:



Depois dos acontecimentos do primeiro volume, Legend, June e Day fogem, juntos, para Las Vegas, a fim de fugir de seus perseguidores. Mas logo que chegam descobrem da mais nova tragédia: o Primeiro Eleitor, morre, e o encargo de Eleitor é dado a seu filho, Anden, quem tem pouca experiência nessa ramo de política,  e também é dono de uma bondade e humildade que o pai falecido, não possuía.

Com os recentes acontecimentos, a República está prestes a entrar em uma crise, um colapso, um momento perfeito para um golpe final. Muita destruição. Carnificina...

June e Day, desesperados, se aliam a um grupo de rebeldes: os Patriotas, que prometeram dar ajuda necessária para o criminoso mais procurado da República encontrar seu irmãozinho. Oferecem ajuda a ambos, June e Day, Mas claro, com uma condição: devem assassinar Anden, o primeiro eleitor.

Devido a alguns acontecimentos, June se vê confusa sobre o dever que lhe é dado. E se Anden significar um novo recomeço a República? E se Anden, diferente do pai, conseguir mudar tudo, e apaziguar as constantes guerras contra as Colônias? 

June terá de se decidir, entre o que é apropriado a uns, o melhor, o beneficente, que ajudará a quem ela ama, ou, o que o próprio coração diz. 


Champion:


Várias coisas aconteceram desde que estavam na República da última vez, quando eram procurados e suas cabeças estavam a procura, mas agora, as coisas mudaram. June, voltou a ser a menina prodígio da República, e Day, finalmente com o que lhe tiraram, parece estar bem. As coisas parecem estar bem. Mas June não sabe de uma coisa. Uma coisa que Day a esconde há um tempo (desde de Prodigy), e assim que descobre, as coisas parecem não importar mais. Nada parece mais importar. A República contra as Colônias. Nada mais. 

Quando a paz parece eminente, um vírus começa a matar gente nas Colônias, e sem pensar duas vezes, tendem a imaginar os culpados pela praga: a República.

A praga é devastadora, quase sem chances de ser encontrada uma cura. Mas sabem de uma coisa que pode, ou não, ajudar. Uma certa pessoa que foi sequestrada pela República algum tempo antes, a pessoa por quem Day tanto procurava: seu irmão mais novo, Éden. Mas Day sabe que, se permitir que a República, que já havia feito tanto mal a ele e a sua família, também responsável por incidentes com o próprio Éden, o use novamente, pode ser que... os riscos são muitos... a chance de sobreviver é... quase nula.


Opinião sobre a trilogia:


Essa trilogia deveria, sem dúvidas, ter mais leitores do que tem. Marie Lu soube criar na medida certa, sem saber exagerar em nada. Romance. Ação. Morte. Sangue. Um certo mistério, e aquela ANSIEDADE, e MEDO também. Só tenho a dizer que, comprei Legend porque a PRIMEIRA FRASE do livro despertou em mim um interesse de outro mundo, e ao ler Legend, tive de correr para comprar Pordigy. Ao terminar de ler Prodigy, comprei (depois de chorar muito com o final e ficar horas olhando para a parede. Só eu sou assim?) Champion, e ao terminar Champion: LÁGRIMAS, apenas LÁGRIMAS. 

Sabe aquele final que você não sabe se fica feliz ou triste? Aquela relação de amor e ódio com um final de um livro? É, passei exatamente por isso em Prodigy e Champion.

Uma última nota: LEIAM ESTA TRILOGIA!




Sabe o que é o melhor de tudo?
Eu já ter feito recomendações dos livros para outras pessoas, e essas mesmas pessoas, terem lido, confiado em mim, e depois chegarem em mim e dizer "obrigado pela recomendação, amei os livros! -até chorei). Ou seja, todos que recomendei que lessem, leram e amaram. E faço aqui, agora, uma recomendação: leiam, leiam e LEIAM estes livros. 
Apenas.

É isso galera, foi o meu primeiro post falando de três livros de uma só vez, de certa forma, três resenhas em um único post, então, espero que tenham gostado e se interessado pelos livros. 


Com carinho,
Weasleyzinho.

10 comentários:

  1. Foi pela sua recomendação que li a trilogia ❤ Muito obrigada mesmo. E sem dúvidas, Legend merece mais leitores, foi a única distopia que não me decepcionou no último livro. Ao contrário, superou minhas expectativas!!!
    Também sou dessas de chorar muito e ficar olhando para a parede. No final de Prodigy eu fiquei em choque por alguns minutos depois veio as lágrimas. Em Champion foi uma coisa descontrolada, lágrimas vieram durante todo o livro, especialmente no epílogo(apesar dos pesares, ainda me deixou muito satisfeita).
    E essa dinâmica de narração, entre Day e June, nos dá uma visão muito mais ampla dos acontecimentos 😊 Perfeito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me sinto absolutamente honrado de ter sido eu quem te recomendou e MAIS ainda por você ter gostado dos livros. Simmmm, exatamente, acabei Prodigy e perdi o chão, acabei Champion e perdi o sentido da vida, mds. Destruidores. Também AMO a narração de June e Day,, é muito instigante.

      Excluir
  2. Sou louca pra ler essa trilogia! Não li sua resenha e nem as sinopses dos livros seguintes pra não correr nenhum risco hahahah ahhhh essas capas são lindas!

    Vou esperar uma boa promoção dele para comprar! 💗

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que bom ler isso. HAHAHA Realmente, até as sinopses dos livros anteriores tem spoilers, mesmo que pequenos, é melhor evitar, mas nada que não seja "óbvio". Fique atenta à Submarino, por lá sempre está entre 20/30$ toda a trilogia. Abraços.

      Excluir
  3. Eu li o primeiro e não sei porque ainda não li os outros. Sei que vou chorar também e me desesperar !
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você precisa continuar. Sério. E acredito que, quando começar ler Prodigy, vai achar um tanto "parado", porque tem no início muita política envolvida, mas depois, mds, você não solta o livro, e quando termina: LÁGRIMAS! Assim que puder leia, a Submarino vive com promoções dos três livros, vale super a pena comprar. Beijos.

      Excluir
  4. Essa trilogia deveria, sem dúvidas, ter mais leitores do que tem. Se serve de consolo, com sua resenha ela vai ganhar mais uma leitora.. Hahaha ..
    Uma vez vi por 20 reais no submarino, e te garanto que não comprei pq eu pensei que não iria gostar. Depois de sua resenha, mudei de ideia.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ela dem dúvidas deveria ser mais reconhecida, mas fico feliz que vá dar uma chance, o box vive em promoção no submarino, só ficar de olho ♡ Abraços.

      Excluir
  5. Quero muito essa trilogia, hahahaha, esperando pelo Black Friday, espero que esteja barato!
    Beijos

    ResponderExcluir